Maria Augusta Orofino
ago 7 th, 2018
Empresas Nenhum comentário

Transformação digital: o que minha empresa tem a ver com isso?

fonte: Pixabay

Todo mundo já deve ter ouvido falar em transformação digital alguma vez na vida. Houve épocas em que esse fenômeno era algo muito distante e mais parecia um enredo de cinema ou de coleção de livros de ficção científica. A internet chegou mudando tudo. Da forma de se comunicar a maneira com que assistirmos televisão. Tornou o cotidiano mais fácil em casa, no trabalho, no meio acadêmico, nas interações comerciais e foi o pontapé inicial para essa transformação.

 

A velocidade com que essas mudanças aconteceram deixou algumas empresas para trás. Muitas se esforçam para pegar o bonde andando, poucas (quase nenhuma) conseguem acompanhar esse ritmo. Se você está pensando: “Mas minha empresa tem um site, está nas redes sociais, investiu em SAC 2.0 e já digitalizou todos os processos”, muita calma nessa hora. A transformação digital vai muito além de investir em anúncios no Facebook ou migrar os dados para nuvem. Ela passa também por alterações na cultura organizacional. Afinal, neste cenário onde tudo muda o tempo todo, é necessário se desafiar constantemente, experimentar exaustivamente e se preparar inclusive para acolher as ideias inovadoras que não deram certo.

 

Não há dúvida de que a transformação digital é necessária para que as empresas (independente do seu grau de maturidade) continuem competitivas no mercado. Mas por onde começar? Quais etapas seguir? É necessário contratar um especialista da área? Um consultor externo? Preciso aumentar a minha estrutura de TI? Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo da série sobre transformação digital e o RH inovador. Confira!

 

De que transformação digital estamos falando?

 

É difícil definir o que é a transformação digital, pois na prática ela acontece de uma forma diferente em cada empresa. No início do texto, falei que ela passava por uma mudança no mindset da organização, podemos somar a isso a integração da tecnologia em todos os setores da empresa, mudando processos e a forma de entregar valor para os clientes.

 

No entanto, para o portal Agile Elephant a transformação digital nada mais é do que uma mudança na forma de liderar, envolvendo questões como alterações culturais, incentivo à inovação e novos modelos de negócio, utilização crescente de tecnologia para melhorar a experiência dos colaboradores, fornecedores, parceiros e clientes.

 

O que a minha empresa tem a ver com a transformação digital?

 

Tudo. Ela precisa passar por isso simplesmente por ser uma questão de sobrevivência. O especialista Carlos Piazza lembra, neste vídeo sobre Sustentabilidade, Inovação e Tecnologia, da pesquisa realizada pela Babson College que 40% das empresas listadas na revista Fortune 500 deixarão de existir por falta de adaptabilidade. Para ele, as organizações precisam se ressignificar e inovar para continuarem competitivas neste ambiente de aceleração tecnológica.

 

Já a pesquisa FutureScape: Worldwide Digital Transformation 2018 Predictions apontou que até dezembro de 2018 os gastos com transformação digital chegarão a US$ 1,7 trilhão em todo o mundo. Esse aumento é de 42% em relação a 2017. Os líderes preocupados com a sustentabilidade dos seus negócios já começaram a trilhar esse caminho, mesmo que esbarrem em problemas como inovação tecnológica ineficiente e transição de infraestrutura. É preciso garantir suporte para que essa transformação ocorra em toda cadeia de valor e não apenas nos setores que atuam diretamente com TI.

 

Por mais que esses números sejam inspiradores, ainda existem muitos gestores presos à velha escola. Se esses profissionais não começarem a se mexer neste momento, infelizmente ficarão para trás. Não apenas devido ao avanço da tecnologia, mas também porque o seu concorrente direto deve estar investindo em processos e mudanças de paradigmas que tornarão a transformação digital possível agora mesmo.

 

E você, qual investimento tem aplicado na sua organização para tornar a transformação digital uma realidade. Compartilhe conosco nos comentários!

Comentar

Compartilhe a BEEFIND

Compartilhe o conhecimento em suas redes!